terça-feira, 7 de setembro de 2010

"Não são as ervas más que afogam a boa semente, e sim a negligência do lavrador."
(Confúcio)

É fato que muitos de nós tem uma infinidade de virtudes, coisas que se soubéssemos como manter iria modificar por completo nosso modo de enxergar o mundo... Sabendo-se disso, poucos tem a disposição de eliminar aquilo que sufoca, mesmo que aos poucos, as virtudes existentes dentro de si próprio.

A necessidade de sufocar é tamanha neste mundo que não há valor em todas as virtudes, somente as que vem à tona condizendo com o pensamento de uma maioria, é importante que os ensinamentos sejam passados, as virtudes sejam libertas, que a vida seja vivida!

"Quando vires um homem bom, tenta imitá-lo; quando vires um homem mau, examina-te a ti mesmo."
(Confúcio)
Refletindo...

Muitas vezes o dito homem mau somos nós mesmos, e acabamos por ver isso em terceiros.
Em várias oportunidades nos flagramos despejando aquilo que estamos sentindo de ruim em alguém que amamos, que queremos o mais próximo de nós possível.
Triste realidade de quem costuma sufocar sentimentos, e os guarda consigo... Custando a externar!

Um comentário:

Iorgama Porcely disse...

Eu não conseguiria guardar meus pensamentos e/ou sentimentos nem que eu quisesse. rsrs
Eu tenho esse dom ou maldição de pôr pra fora, seja através das palavras ou da voz.
E é triste saber que a maioria prefere calar a emitir uma opnião.
Abraços!

Seguidores

Tradução