sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Eu pensando em dizer que não era realidade, esperando que fosse pensado algo parecido por você, fracassei na dedução!

O meu sangue eu deixei correr em suas veias...
Permiti ao coração enritmar-se a seus batimentos,
O meu fôlego ser razão de teu sossego,
Teus lábios falarem por mim
Minha língua navegar no corpo-mar repleto de desejos
Sedução integral corpórea até a alma.




Foi-se então acabando o encanto, e junto com ele a corrida sanguínea...
Aos poucos enfraqueceram-se os batimentos...
O sossego se foi, deu lugar à correria...
Como ratos à um naufrágio...
Lábios calados, língua naufragada
E da sedução passou a dedução, deduzi então...
Que era o fim!

Nenhum comentário:

Seguidores

Tradução