quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Dia do nascimento e vida

Criado em poucos meses
Modificado a um instante e tanto
Hoje, os dias vividos, que por vezes
Se faziam em prantos, encantam!

Com pausas e perdas
A vida sempre continua
O novo nascimento ocorre
Sem mais pés descalços na rua

Um novo começo
Depois o recomeço
Inverte-se o termo
Termina e enfim, inicia-se novamente




*Dedicado neste dia 4 de novembro de 2010, ao grande amigo e quase irmão Nayran pelo seu aniversário.

3 comentários:

Valbert Nayran disse...

Obrigado.
Almyr Rodrigues saiba que sempre pode contar comigo ,Poema Bem gratificante te agradeço :D
Levareii sempre comigO por onde eu andar. Irmãos sempre vlw :P
Nayran Lima ;

Cris. disse...

Encontrei o seu blog dentre os de poesia, me encantei com seus poemas!
voltarei mais vezes, abraços!

Almyr Rodrigues disse...

- Ao Valbert Nayran -> Pois bem, fico feliz em saber que caiu no seu gosto o presente...rs

- Cris. -> De poesia e dentre as poesias alguns honestos pensamentos... Feliz em conseguir encantá-la, obrigado por voltar... Neste momento viajo pelo seu blog.

.Abraço a todoS.

Seguidores

Tradução