domingo, 20 de março de 2011

O que um dia foi flor
Hoje é uma pétala, e só
Tão individual quanto a dor
Levanta vôo e carrega pólen

Separa-se para renascer e da pétala o pólen se esvai
Oriundo de grandiosa beleza
Hoje a beleza se refaz

Ontem não fui quem hoje sou
Onde eu era ou para onde vou
Por qual razão existo ou para que insisto
Se nada que fazes me causa terror

Nenhum comentário:

Seguidores

Tradução