terça-feira, 26 de abril de 2011

Antes e Depois do Amor... a.A e d.A

Se o mar pudesse secar
As areias em vez de molhar,
E o que não fizesse sentido hoje
Meu senso pudesse explicar...


Incompreendido, hoje, é o fim
Disparos, procrastinados, de conversas...
Antes de brotar, não era assim
Puro, sensível e em gozo submerso
 

Nenhum comentário:

Seguidores

Tradução