quarta-feira, 18 de maio de 2011

A Princesa à Bailar

Chamai, vozes, chamai
A todos os amantes convidai
Para a mais rara bailarina'preciar
Reis e Rainhas! À todos intimai...

Maior beleza doada de inocência
Ao longe, avista-se o brilho
Por mais bonequinhas que se inventem
Jamais herdarão o que carregas contigo

Pode ser que venha o dia
Da distância e da'lforria
Mas a flor que outrora via
Tatuada foi em beijo

Sob a paz, no sereno
Move o corpo e me desfaz
Traz à tona meus intentos
Que o navio, chegue ao cais!

Nenhum comentário:

Seguidores

Tradução