quinta-feira, 16 de junho de 2011

A Timidez da Lua

Tenho em mim uma vontade
Que aflora quando menos preciso
De esconder-me em verdade
Desejando não ter nascido

Sorrindo do meu jeito
Tudo como eu havia feito
Até me roubou do peito
O amor no calor de um beijo

Um planeta sobre minha lua
Uma mão sobre meu coração
O calor na noite mais fria
Amor que silencia sensações

Não vou a lugar algum
O eclipse, deixo de ver
Passo apenas a sentir
Por estar perto de você



Nenhum comentário:

Seguidores

Tradução