terça-feira, 4 de outubro de 2011

Boneca de Biscuit

 Quão distante se pode ver
Minha luz em teus encantos

Frágil boneca de biscuit
Meu calar ao ouvir teus cantos

Querer teu bem e além
Sonhar-te bem aqui
Insegura boneca de biscuit

Minhas mãos, teus braços
Meus pés, tuas pernas
Teu corpo em minha palma
Sou o aço em teu ímã

3 comentários:

Anônimo disse...

Tão bonitinho, parece comigo!! kkkk

Ane Gregório disse...

'Sou o aço em teu ímã'

Esqueci de dizer, essa frase é perfeita!

Almyr Rodrigues disse...

- Anônimo(a): Rs, é ótimo encontrar algo assim.

- Ane Gregório: Obrigado moça... =)

Seguidores

Tradução