sábado, 28 de janeiro de 2012

Cólera

Hate por Maanesten - Deviantart
Quero ter tudo que me machuca
Essa verdade, na realidade já me corrói
Meu ser será, de todo, um espinho
No rosto de quem me amar

Quanto mais encontro sobre a dor
Perco a realidade sensitiva
Longe de todo ser palpável
Percebo que lá também há dor

Uma fúria que intensifica
O pulsar de meu sangue
E a dor que persegue o ódio
No veneno que há nas veias

Nenhum comentário:

Seguidores

Tradução