segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

O Choro do Tempo

"Flower Power" - Bernie Boston

Há tempos que eu tento
Descobrir como usá-lo
O choro que volta o tempo
O silêncio do regresso

Uma estrada solitária
Por contos inesquecíveis
Nunca vividos, mas acreditados
Desacreditando no querer impossível

Paz, amor, guerra, luta
Faz amor, pela luta
De tentar parar uma guerra
Com amor por toda a terra

Risco de insucesso sem medo
Insurreição ao ódio por amor
Dando voz ao real intento
Calando fuzil com uma flor

Nenhum comentário:

Seguidores

Tradução