domingo, 1 de janeiro de 2012

O Primeiro Sol | 2012


Enquanto surgia o primeiro Sol
Checava o brilho de outrora
Encontrava receio feito em pó

Amanheceu o ano, meu dia não
Foi noite, é noite, a noite...
Perfume que chega e não se esvai

Era o sol, e eu só
Foi-se a honra, despido estou
Desprovido de quem eu sou
Meditando por onde vou

Caminhos diferindo dos sonhos
Definindo aquilo que somos
E não importa o que fomos
Importa onde ora estamos

Então ondas me arrancaram desafeto
Dilaceraram meus medos
Fortificaram ataques
Sem defesas

Fiquei

Nenhum comentário:

Seguidores

Tradução