domingo, 1 de julho de 2012

Ducti Luna

Se mostra como resposta
Ao que mal lhe pergunte
Me apareces lustrosa
E somes num instante

Como dizer-lhe em beijos
Que lhe quero o tempo inteiro
Que o coração cede aos desejos
De um ser que só quer o mesmo

O mundo é intenso
Eterno é o sentimento
'Nunca' é tempo
Medo é desperdício

Sem meu eu em ti
Tudo, então, é propício
A morrer aqui
Como uma flor no gelo

Nenhum comentário:

Seguidores

Tradução